Clima esquenta no PSDB após João Doria cobrar saída de Aécio da presidência do partido

O clima esquentou entre o prefeito de São Paulo, João Doria, e o senador Aécio Neves nesta segunda-feira (10), na reunião do PSDB que discutiu o desembarque do partido do governo Temer. O partido adiou a decisão.

Doria foi incisivo e cobrou Aécio que deixasse em definitivo a presidência do PSDB. Atualmente, Aécio está licenciado da função e o cargo está ocupado interinamente pelo também senador Tasso Jereissati (CE).

Aécio disse respeitar a opinião de Doria e de outros colegas de partido, mas afirmou ter uma história dentro do PSDB.

No entanto, segundo alguns tucanos, Aécio já começou a dar sinais internamente de que pode concordar em antecipar as eleições do partido – previstas para o ano que vem.

Doria, na reunião, pediu a Tasso que marque a reunião da Executiva para renovar o comando do partido na primeira quinzena de agosto.

As informações são do portal G1.

Anúncios

Deixe uma resposta