PT articula cargos e ministérios em eventual governo Maia, caso Temer caia

Assim como votou em Rodrigo Maia em bloco para presidente da Câmara dos Deputados, cargo que o habilita a substituir Michel Temer, o partido de Lula quer de volta boa parte das boquinhas que perdeu com o impeachment de Dilma, inclusive ministérios, caso Rodrigo Maia assuma o comando do Palácio do Planalto.

Para virar presidente da Câmara, Maia fez concessões como barrar a CPI para investigar maracutaias na UNE, controlada pelo PCdoB. Além de ministérios como Educação, Trabalho, Esporte e Previdência, PT, PDT e PCdoB querem também “cargos-chave” no governo federal.

Deputados “rodriguistas”, que suspiram pela destituição de Temer, chamam a devolução dos cargos ao PT de “pacificação nacional”. A devolução de fatias do governo ao PT & cia tem o objetivo de ocupar dirigentes partidários que estão ociosos desde a queda de Dilma. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Anúncios

Deixe uma resposta