Presidente arregão da Colômbia anistia mais 3,5 mil terroristas das FARC

Juan Manuel Santos assinou nesta segunda-feira um decreto que anistia mais 3.252 ex-guerrilheiros das Farc, somando até agora 7,4 mil membros do grupo criminoso que tiveram seus crimes perdoados, informa O Antagonista.

É importante relembrar que no ano passado houve um referendo sobre o assunto. A população votou contra o perdão às FARC, uma pauta que só interessava aos terroristas e à extrema-esquerda latino-americana. Mas como é de costume nos esquerdistas latinos, Santos ignorou a vontade popular e aceitou negociar com a guerrilha assim mesmo.

Anúncios

Deixe uma resposta