Thom Yorke, do Radiohead, destroça antissemitas que não querem a banda tocando em Israel

O show que o Radiohead fez no último sábado, em Glasgow, foi rodeado por polêmicas. A banda inglesa, que tem show marcado em Israel dia 19 de julho, tem enfrentado bastante resistência por parte de artistas e manifestantes pró-Palestina.

Nesta apresentação dentro do festival TRNSMT, manifestantes hastearam bandeiras da Palestina e Thom Yorke demonstrou irritação em algumas oportunidades. A mais tensa foi na introdução da faixa “Myxomatosis”, quando o vocalista disse, repetidas vezes, “Some fucked people”, enquanto as bandeiras eram levantadas.

O previsto show do Radiohead em Tel Aviv já recebeu carta em forma de protesto assinada por mais de 50 artistas, entre eles Roger Waters e Thurston Moore, solicitando que a banda cancele a apresentação no país que “impõe um apartheid aos palestinos”.

Em entrevista recente para a Rolling Stone, Yorke disse que não concorda com o bloqueio que um bom número de artistas está fazendo contra Israel e que se sente constrangido em ver as constantes ofensas que Jonny Greenwood, seu companheiro de banda, tem sofrido por ser casado com uma judia.

Mas em Glasgow também teve música e a BBC soltou um registro profissional da clássica “Paranoid Android”.

Abaixo, o vídeo da entrevista:

As informações são do site PopLoad.

Anúncios

Deixe uma resposta