Sucessor direto, Maia não vai ajudar Temer na Câmara

O presidente Michel Temer e o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), relataram neste domingo (9) a deputados da base aliada que cobraram uma posição de Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, em relação ao processo de denúncia contra Temer por corrupção passiva.

Maia, por sua vez, mandou dizer ao Planalto apenas que não trabalhará contra o governo Temer, que não pedirá votos contra o presidente no processo. Jucá, líder do governo no Senado, disse a deputados neste domingo que o Planalto quer que Maia se posicione a favor do governo, argumentando que sua neutralidade não bastaria.

Maia tem repetido que será leal ao presidente na condução do processo da denúncia, respeitando o rito na Câmara.

Anúncios

2 comentários sobre “Sucessor direto, Maia não vai ajudar Temer na Câmara

Deixe uma resposta