Relator dá parecer favorável ao seguimento da denúncia contra Temer na CCJ

O deputado Ségio Zveiter (PMDB-RJ), relator da denúncia contra Michel Temer (PMDB) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, votou pela admissibilidade da denúncia. Segundo ele, os indícios apresentados pela PGR são “no mínimo sólidos” da existência de “práticas delituosas”.

“Recomento o deferimento da autorização com a tranquilidade que esse caminho não representa qualquer risco ao estado democrático de direito. Até porque, a Constituição indica claramente as consequências para essa situação. Temos aqui um mecanismo legal”, afirmou ao concluir seu voto.

Ainda de acordo com o parecer de Zveiter, “a denúncia não é inepta”. “Os fatos são graves. É preciso apurar o suposto envolvimento de crime do presidente Temer”, afirmou.

Durante sua fala, Zveiter ressaltou que o recebimento da denúncia, contudo, não indicam necessariamente a condenação que deve ocorrer, ou não, durante o decorrer da ação e das investigações. “Não condenamos ninguém aqui na CCJ, apenas aceitamos ou não o seguimento da denúncia”, declarou.

As acusações  de corrupção passiva contra Temer são fruto da delação feita pelo empresário Joesley Batista, da JBS. Segundo áudio e a denúncia feita pelo MP, o presidente deu aval ao empresário para que fossem feitos pagamentos ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) para que ele permanecesse em silêncio sobre eventuais irregularidades.

As informações são do jornal Estado de Minas.

Anúncios

Deixe uma resposta