Major Olímpio chamou troca-troca na CCJ de “criminoso” e foi vaiado pelos presentes

Major Olímpio, do Solidariedade de São Paulo, chamou os responsáveis pelo troca-troca de integrantes da CCJ de “criminosos”. Foi vaiado.

“Quem me vaia tem ‘carguinho’ para vaiar”, rebateu.

Rodrigo Pacheco voltou a dizer que, como presidente da CCJ, nada pode fazer quanto a isso.

A informação é do site O Antagonista.

Anúncios

Deixe uma resposta