Procurador ligado a Janot teria sido gravado em diálogos inapropriados com procurador preso

Um dos mais atuantes da Lava-Jato, o procurador Sergio Bruno anda recluso. Na PGR, dizem que ele está de férias. No governo, a versão é que ele foi gravado em diálogos inapropriados pelo procurador Ângelo Goulart.

Goulart foi preso acusado de receber mesada de 50 mil reais do empresário Joesley Batista para mantê-lo informado na Operação Greenfield.

A informação é da Veja.

Anúncios

Deixe uma resposta