PGR estaria enrolando em inquérito sobre Maia para não complicar a sua entrada no Executivo

O site O Antagonista tem sido um dos principais divulgadores de narrativas da Rede Globo, da Rede e do PSOL na tentativa de substituir o governo atual por um outro que possa ser mais facilmente manietado pela extrema esquerda.

Por isso, é bom lembrar o que eles estão confessando hoje: “Embora tenha dito, em público, que Rodrigo Maia só lhe dá provas de lealdade o tempo todo, o discurso de Michel Temer em privado é outro. Desconfortável com os ‘discretos, porém efetivos’, movimentos do presidente da Câmara no sentido de lhe suceder no Palácio do Planalto, Temer gosta de lembrar a um pequeno círculo de assessores que o aspirante ao cargo responde a dois inquéritos no STF, segundo a coluna Expresso, da Época.”

Eles dizem mais: “Em um dos casos, a Polícia Federal já concluiu relatório, mas a Procuradoria-Geral da República ainda não apresentou denúncia contra Maia. Diz respeito à suspeita de que ele recebeu R$ 1 milhão da OAS para ajudar a empreiteira na Câmara. A demora da PGR em relação a Maia é mais um motivo para Temer dizer que Rodrigo Janot o persegue. ‘Assessores de Temer afirmam que a PGR está cozinhando o relatório da PF sobre Maia desde fevereiro.'”

Foram eles próprios – do Antagonista – que confessaram que “dm um dos casos, a Polícia Federal já concluiu relatório, mas a Procuradoria-Geral da República ainda não apresentou denúncia contra Maia”.

Anúncios

Deixe uma resposta