Janaína Paschoal detona Marina: “gostaria que fosse tão firme contra o PT como é com o PMDB”

Já considerada um herpes político – que aparece quando o sistema apresenta baixa imunidade -, a candidata socialista Marina Silva atacou o governo atual, dizendo que ele utiliza o cargo para proteger a si próprio: “É vergonhosa a situação do governo, refém do silêncio de seus aliados na prisão para criar um pretenso ambiente de estabilidade política.”

Ela também atacou a defesa de Temer: “A sequência repugnante dos fatos não tem nada de ‘chocha, capenga, manca, anêmica, frágil e inconsistente’, como supõe a defesa de Temer”, declarou.

Janaína Paschoal comentou, em seu Twitter, a hipocrisia da ex-senadora petista: “Gostaria que Marina Silva fosse tão firme contra o PT como é com o PMDB! Não vi falas suas contra Lula! Corrupção é corrupção!”

Anúncios

2 comentários sobre “Janaína Paschoal detona Marina: “gostaria que fosse tão firme contra o PT como é com o PMDB”

  1. Parabéns pelo seu nível de carácter, pois o Brasil precisa de pessoas do seu nível, no princípio eu pensava que a Marina era uma pessoa confiável, mas aos poucos percebí que ela é mentirosa , falsa e sem carácter. Só a lama podre dos irracionais que são contra a justiça e o bem social.

  2. “Os políticos não conhecem nem o ódio, nem o amor. São conduzidos pelo interesse e não pelo sentimento”. (Philip Chesterfield). Esta é a forma estultícia de uso ideológico do discurso. E assim o parvo acaba mesmo muitas vezes sendo apenas massa de manobra. Um tolo “qualificado”.

Deixe uma resposta