Maurício de Souza revela ter sofrido pressão por ‘Turma da Mônica’ esquerdista

O escritor e cartunista Maurício de Souza, criador da Turma da Mônica, revelou em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, ter sofrido pressão de amigos militantes para “engajar” as personagens dos quadrinhos em causas ultrasocialistas.

De acordo com ele, contudo, a ideia foi rejeitada tendo em vista problemas passados enfrentados por posições políticas tomadas. A revelação, no entanto, escancara a real agenda da esquerda brasileira, que jamais se ruborizou ao tentar utilizar de artífices para atingir o público infantil e incutir em sua cabeça valores e ideais de extrema-esquerda.

À época, projetos como o Escola Sem partido ainda não tinham sido criados e, sem qualquer oposição durante muito tempo, a esquerda surfou na onda e influenciou crianças e adolescentes sob diversas formas, inclusive no ambiente escolar.

 

Anúncios

Deixe uma resposta