Doria estraçalha mentiras da Folha; ONG de extrema esquerda estrebucha e quer impedi-lo de rebater a imprensa

A Folha realizou uma matéria difamatória contra o programa de doações da Gestão Doria. O prefeito não deixou por menos e deu uma resposta demolidora, desmascarando as mentiras do jornalista Artur Rodrigues. Disse:

Esta é minha resposta para a matéria publicada hoje pelo jornalista Artur Rodrigues, da Folha de SP, sobre as doações que a Prefeitura vem recebendo da iniciativa privada. Mesmo com o rombo orçamentário que herdamos, graças ao apoio de empresas cidadãs estamos viabilizando uma série de projetos e inovando na gestão pública. #JoãoTrabalhador

Veja o vídeo:

Em suma, uma resposta educada e assertiva, que desmascarou os métodos do jornalista.

Seja lá como for uma ONG chamada Jornalistas contra o assédio decidiu criar a narrativa de que a educadíssima resposta acima seria um “assédio”, e fizeram a seguinte nota:

É de causar assombro e revolta a atitude de um político como o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), que, mesmo se afirmando refratário a práticas ultrapassadas na política, expôs hoje um profissional como o repórter Artur Rodrigues, da Folha de S.Paulo, ao ataque de seus seguidores. E porque, basicamente, discordou de um conteúdo jornalisticamente apurado e divulgado pelo veículo de que Rodrigues é funcionário.
Não é intimidando jornalistas – e expondo, com isso, a integridade física e moral do profissional — que a política vai melhorar os rumos da sociedade.
Este é um coletivo de jornalistas contra o assédio, luta que precisa envolver todos os gêneros.
Já foi o tempo em que perseguir jornalista era assunto velado. Ou se aceita a democracia como ela é – com direitos, e também com deveres básicos como o respeito –, ou retrocedemos à “política antiga” que pessoas como o prefeito de São Paulo juram combater.
Vamos juntos?
Somos #JornalistasContraoAssédio

Toda a nota é absurda e surreal.

Para começar, eles declaram “assombro e revolta” com o fato do prefeito responder às mentiras da Folha, mas o direito de responder às críticas (falsas ou não) é um princípio da democracia.

De acordo com a nota, a resposta de Doria “expôs um profissional”, mas o próprio profissional já assinava a matéria da Folha, ou seja, expondo seu próprio nome. Assim, não foi o prefeito, mas a Folha que expôs o jornalista. Se ele quisesse escrever anonimamente, por que não o fez? Não existe nenhuma regra ética dizendo que uma matéria assinada não pode ser respondida apenas porque o autor se sentiria exposto.

A ONG alega que a resposta de Doria seria “intimidação a jornalistas”, mas se o jornalista se sentiu intimidado com a resposta, ele é que tem problemas sérios a serem resolvidos. Não se pode deixar de responder a mentiras apenas porque o autor das mentiras se sente intimidado.

Outra narrativa maluca é dizer que a resposta a uma matéria significa “perseguição a jornalista”. Na verdade, a abertura às respostas é um princípio do bom jornalismo. Se a ONG defende que homens públicos não podem responder aos ataques da imprensa, então não defende o bom jornalismo.

Não se sabe se a pessoa que escreveu a nota estava em seu juízo perfeito, mas é bem possível que algum advogado do prefeito possa (caso queira) encontrar motivos para processar a ONG por calúnia, uma vez que inventou que Doria teria praticado o crime de “assédio” quando apenas respondeu (e muito bem) aos ataques de um jornal.

Anúncios

16 comentários sobre “Doria estraçalha mentiras da Folha; ONG de extrema esquerda estrebucha e quer impedi-lo de rebater a imprensa

  1. Sabem de uma coisa,muitos dos que mamavam e ainda mamam nas tetas petistas e aliados,sempre irão criticar qualquer gestão competente e honesta,não é somente o Dória.
    Esse pessoal já demonstrou que á frente da gestão pública deixaram a corrupção crescer exponencialmente é quanto a gestão são de fato incompetentes.
    Querem alguns exemplos: Prefeitura de São Paulo com Haddad, governo de Minas Gerais com Pimentel, governo do Rio Grande do Sul com Genro, governo de Brasília com Ângelo, etc..
    Essa pseudo esquerda burra visa interesses pessoais e não o que seja melhor para a nação, aliás a Nação eles querem que exploda.

    1. Eu cancelei a muitos anos a assinatura e fiquei com o Estadão que até pouco tempo, eu o achava isento. Nesse mês também cancelei e mudei para a Gazeta do Povo. Que até aqui, para aqueles que querem imparcialidade de um veículo de comunicação, até a Gazeta tem se saído melhor.

  2. QUEM NÃO DEVE NÃO TEME, DORIA ATÉ O MOMENTO TEM DADO EXEMPLO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. HÁ DÉCADAS SÃO PAULO VINHA SOFRENDO COM O DESCASO, CORRUPÇÃO E MÁ GESTÃO.

  3. Não entendi pq há jornalistas revoltados pq o Dória “expôs” o jornalista em questão, o autor da matéria não expôs o Dória?

  4. Ao meu ver São Paulo não ficou a décadas sem governo, na minha opniao o prefeito atual ataca muito o outro partido quando na realidade deveria apenas fazer seu papel, cumprir sua missao que nas urnas o povo (a rua) irá dizer a verdade, não sou contra nenhum partido apoio o político que governe com visão espacial.

  5. Só os tolos julgam que estamos vivendo uma democracia. Estamos sim em guerra em três frentes: 1-) Contra o comunismo. 2-) Contra o banditismo. 3-) Contra a corrupção. E os esquerdopatas viúvas do Muro de Berlim estão usando tudo que podem para destruir a civilização ocidental tal qual a conhecemos. Para isto usam os “ismos” de todas as formas: gayzismo, feminismo, racismo, fascismo, islamismo e JORNALISMO. Parabéns prefeito você honra nosso voto.

  6. Que raio de democracia esses idiotas querem?
    Escreven um monte de besteiras, assinam em baixo, ou seja, se auto expoêm e querem que o alvo das mentiras não possa se defender!
    Podem mentir e não querem ser denunciados, só mesmo na Falha da São Paulo!
    Esse jornaleco não esteve nem para forrar gaiola de papagaio!

  7. Ainda vejamos: o jornalista Artur Rodrigues escreveu mentiras ou, para ser menos dramático, opinou sobre assuntos dos quais tinha pouco conhecimento, mas ao menos teve a hombridade de assinar a matéria. Agora aparece uma ONG que esperneia com argumentos sem sentido e, como são muito democráticos, não assinam com o nome do mentor de tal nota… Fala sério! Dória tem coragem para colocar essa equipe do mimimi no seu devido lugar como nenhuma outra figura pública tem! Parabéns ao Dória!

Deixe uma resposta