Ministro do STJ dá no centrinho de Lula e nega barrar investigação sobre bens do acervo

Felix Fischer, ministro do Superior Tribunal de Justiça – STJ -, negou o pedido de liminar que foi feito pela defesa do ex-presidente-criminoso Luiz Inácio Lula da Silva para que fossem suspensas as diligências em curso sobre a real propriedade dos bens do acervo presidencial. As informações foram divulgadas pelo STJ.

A defesa de lula havia alegado “constrangimento ilegal com o procedimento, decorrente da absoluta incompetência da autoridade coatora para praticar tal ato”, e que também que o ex-presidente “corre o risco de perda de titularidade dos bens”. Dito isso, pediram suspensão do procedimento. Contudo, o ministro relator entendeu que não há ilegalidade na medida.

 

Anúncios

Deixe uma resposta