“Liberal” defende agência de censura de Sakamoto e passa vergonha na internet

O auto-proclamado liberal Joel Pinheiro da Fonseca, que é pouco conhecido no movimento liberal brasileiro, publicou ontem em suas redes sociais um texto e também um vídeo nos quais partiu em defesa da Agência Pública, a agência de censura do comunista Leonardo Sakamoto.

De acordo com o que disse em seu post no Facebook, a agência ligada a Sakamoto, um sujeito que defende abertamente a ditadura cubana e o regime totalitário da Venezuela, queria apenas “apurar a verdade” sobre o vídeo postado pelo Movimento Brasil Livre. Tanto o texto quanto o vídeo de Joel se referem ao episódio em que a Agência Pública contatou o MBL e exigiu, em tom arrogante, explicações sobre o vídeo em que o ativista Kim Kataguiri apareceu defendendo o fim do regime semiaberto.

Para Joel, a resposta dada pelo MBL aos censores de extrema-esquerda foi infantil e desnecessária. De quebra, em seu vídeo, ele ainda chamou todos os seguidores do grupo de burros, comparando-os com manadas, afirmando que eles estão “acirrando” a briga contra a extrema-esquerda, como se isso não fosse necessário.

Veja o vídeo postado por Joel:

Dá para notar alguns pontos interessantes. Um deles é que Joel considera “teoria conspiratória” a afirmação de que a agência de Sakamoto recebe dinheiro de George Soros. No entanto, isto é um fato comprovado há um bom tempo, não é só uma teoria.

Outra coisa interessante é a forma como um auto-proclamado liberal pode achar tantas formas retóricas e sem fundamento para defender a prática da Agência Pública, um grupo que tem viés ideológico escancarado e que tenta intimidar grupos posicionados mais à direita, incluindo os próprios liberais. Aparentemente Joel finge não saber do que se trata, mas é óbvio que ele sabe.

Contudo, esta não é a primeira vergonha que o dito liberal passa na internet. Há não muito tempo atrás ele alegou que o PT é “o que de mais perto temos da alt-right, a direita alternativa americana”, em artigo escrito para a Folha de São Paulo (ler aqui). No mesmo texto Joel ainda destaca que é a direita de Trump que promove “a intimidação de vozes dissonantes e o aprofundamento das tensões sociais”, o que simplesmente não tem fundamento, já que a direita de Trump se limita apenas a criticar a imprensa enquanto a extrema-esquerda petista se dedica a caçar jornalistas e processá-los sempre que possível.

Talvez seja justamente por escrever na Folha de São Paulo que o dito liberal em questão tenha o hábito de defender tão vorazmente a imprensa mainstream.

Anúncios

Um comentário sobre ““Liberal” defende agência de censura de Sakamoto e passa vergonha na internet

  1. porra velho, o cara tem 900 subs, o video foi visualizado nem 2k. E vocês ficam ajudando uma paca dessa divulgando. Eu nem ia saber da existência do cidadão se não fosse por aqui, sejam mais inteligentes por favor e parem de ajudar o adversário.

Deixe uma resposta