Exército homenageia Mário Kozel Filho, assassinado por grupo terrorista de Dilma

Foi realizada no dia 26 de junho, pelo Comando Militar do Sudeste, a solenidade que homenageou o Sargento Mário Kozel Filho, morto em um atentado no quartel-general do Ibirapuera, há 49 anos. O sargento morreu devido um ataque do grupo terrorista do qual a ex-presidente petista Dilma Rousseff fazia parte, o VAR-Palmares – Vanguarda Armada Revolucionária Palmares, uma organização criminosa de extrema-esquerda que queria implantar a ditadura comunista no Brasil.

Anúncios

3 comentários sobre “Exército homenageia Mário Kozel Filho, assassinado por grupo terrorista de Dilma

  1. Tenho nojo desses hipócritas! E os que foram assassinados pelos militares?
    Muitos,até hoje,a família nem sabe o que foi feito deles!

Deixe uma resposta