Trump parte em defesa de Charlie Gard, bebê condenado à morte pela Corte Europeia de Direitos Humanos

Donald Trump, o presidente republicano dos Estados Unidos, postou em seu twitter, nesta manhã, uma mensagem de apoio e a favor da vida de Charlie Gard, o bebê de apenas dez meses de idade que será assassinado graças ao estamento burocrático socialdemocrata da Europa, que decidiu desligar os aparelhos que o mantém vivo.

Na mensagem, Trump faz referência ao Papa Francisco e declara que o governo americano está disposto a ajudar a salvar a vida de Charlie. A iniciativa mostra a grandeza do líder americano, muito diferente dos esquerdistas da União Europeia, que não se importam em assassinar uma vida inocente por questões burocráticas.

Anúncios

Deixe uma resposta