Procurador da Lava Jato manda empresário ligado à Queiroz Galvão usar o SUS

O empresário Ildefonso Colares Filho, ligado à empreiteira Queiroz Galvão, pediu liberação parcial de valores bloqueados pela Justiça para pagar suas despesas “com custoso tratamento de saúde”.

Sabe o que o procurador Januario Paludo, da Lava Jato, sugeriu? O mesmo que se cobra de Lula na internet quando ele recorre ao Sírio Libanês: que use o Sistema Único de Saúde (SUS). A Sérgio Moro, segundo o Estadão, o executivo havia apresentado uma tabela com despesas médicas que somaram R$ 391.352,90 em 2016.

A informação é do site O Antagonista.

Anúncios

Um comentário sobre “Procurador da Lava Jato manda empresário ligado à Queiroz Galvão usar o SUS

  1. Wow ! Este … deve tomar remédios com ouro…
    E seu quarto no Hospital deve ser uma suíte banhada a ouro ….
    É claro que é mutreta com Médicos e Hospitais , para levantar ” Oficialmente ” o seu dinheiro Roubado do Tesouro Nacional …..!!!!

Deixe uma resposta