Palocci contou à PF que usava sua empresa para receber propinas, junto com Lula

Antonio Palocci contou para a Lava Jato que usava a Projeto, sua empresa de consultoria, para receber pagamentos de propina das empresas. Ele contou também que, nos principais contratos, Lula era seu sócio. O relato é explosivo, porque a partir dele a Lava Jato poderá provar o papel do comandante máximo da ORCRIM e rastrear a partilha de propina.

O acordo de Antonio Palocci com a Lava Jato entrou numa fase decisiva.Ele confessou que mais da metade dos contratos de sua empresa de consultoria eram fraudados para embutir o pagamento de propinas.

A Lava Jato sempre disse que Antonio Palocci não apresentava provas documentais de seus crimes. O envolvimento de sua empresa consultoria resolve essa questão, porque os pagamentos das empresas e os contratos fraudados estão todos registrados.

As informações são do site O Antagonista.

Anúncios

Deixe uma resposta