Fachin nega recurso a uma mulher que furtou desodorante e chiclete

Fachin, que ficou conhecido pelo acordo de impunidade com a JBS, negou nesta habeas corpus a uma mulher de 39 anos, presa em flagrante em 2011 por ter tentado furtar de um estabelecimento comercial de Varginha (MG) dois desodorantes e cinco frascos de chicletes, cujo valor atualizado soma R$ 42.

As informações são do site República de Curitiba.

O site também informa: “O recurso da defesa tinha o objetivo de arquivar o processo criminal, que não informa se e quando ela foi solta.”

Atualização às 14:41 de 02/07/2017: A notícia original era de fevereiro de 2017 e foi publicada na Veja.

Anúncios

2 comentários sobre “Fachin nega recurso a uma mulher que furtou desodorante e chiclete

Deixe uma resposta