PM de São Paulo debocha da “greve geral” no Twitter

No Twitter, o perfil oficial da Polícia Militar de São Paulo desdenhou a “greve geral”, referindo-se a ela exatamente assim, entre aspas.

fc598272-c1dc-4c7f-9eaa-3bbe3b17b98f.jpg

Apesar de sutil, muitos seguidores entenderam perfeitamente o deboche e a maioria, é claro, concordou. Todos sabem que não é greve e muito menos geral.

Anúncios

2 comentários sobre “PM de São Paulo debocha da “greve geral” no Twitter

  1. Por trás dessa greve, tem que haver alguma coisa ainda não percebida pela oposição. As lideranças da extrema esquerda podem ser cínicas, hipócritas, canalhas, psicopatas, sanguinárias e todos os piores adjetivos de qualquer idioma, mas não são burras. A greve de alguns meses atrás foi um tremendo mico.

    Por que os sindicatos se arriscariam perder ainda mais a baixa credibilidade que ainda têm (se é que algum infeliz ainda acredita neles) programando o que qualquer pessoa com mais de dois neurônios save que seria um estrondos fracasso?

Deixe uma resposta