OAB vai investigar caso de Marcelo Miller, ex-procurador de Janot que passou a advogar pela JBS

Da coluna Painel, na Folha:

“A seção da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro vai abrir inquérito para investigar a conduta do ex-procurador Marcelo Miller, que integrava a força-tarefa da Lava Jato e deixou a PGR para atuar em um escritório de advogacia contratado pelo grupo da JBS.”

Em seu pronunciamento na tarde de hoje, Michel Temer fez críticas a Miller . O presidente disse que ele “recebeu milhões” para trocar a carreira de procurador pela advocacia.

Miller apresentou esclarecimentos à OAB na sexta-feira, mas “o Tribunal de Ética e Disciplina da entidade considerou as explicações insuficientes e decidiu abrir um inquérito. O caso, agora, tramita em segredo de Justiça.”

Anúncios

Deixe uma resposta