No caso do “atropelamento dos skatistas”, extrema esquerda fez apologia formal ao linchamento e ao assassinato

No último domingo, como se sabe, ocorreu aquele incidente envolvendo skatistas e um motorista na rua Augusta, em São Paulo. O assunto repercutiu em todo o Brasil e, no início, achou-se que o motorista estava apenas dirigindo em direção contrária no meio da multidão, sem qualquer propósito ou motivo. Depois veio à tona um novo fato: ele teria sido agredido pelos skatistas antes dos atropelamentos, o que acabou sendo gravado por câmeras de segurança.

Diante dos primeiros fatos, era até normal sentir muita indignação, mas a extrema-esquerda foi além disso. Ela incitou, de maneira formal, a violência contra o motorista, como se pode ver em alguns prints abaixo:

Aparentemente só é errado incitar a violência contra as “vítimas da sociedade”, ou seja, os bandidos. Se for contra um cidadão de bem que na pior das hipóteses cometeu um erro isso é totalmente aceitável para eles.

Anúncios

Deixe uma resposta