Ditadura turca, apoiada pela extrema-esquerda, dispara balas de borracha contra parada gay

Em Istambul, Turquia, a polícia utilizou balas de borracha para impedir a realização da Parada do Orgulho Gay, neste domingo (25). O evento havia sido proibido pelas autoridades, a justificativa eram motivos de segurança. 40 manifestantes se reuniram nas mediações da Praça Taksim e sofreram repressão dos policiais. É o terceiro ano consecutivo que o evento é proibido pelas autoridades da Turquia.

 

Anúncios

Deixe uma resposta