Cúpula do PT entra em pânico após condenação de Palocci

Após a condenação de Antonio Palocci a 12 anos, 2 meses e 20 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pelas investigações da Operação Lava Jato, que ocorreu nesta segunda-feira (26), o ex-ministro da significativos passos na direção de um acordo de delação premiada, algo que poderá colocar o Partido dos Trabalhadores em situação de risco.

No caso de delação, Palocci precisará entregar alguns peixes grandes do partido. O ex-ministro atuou nos governos de Lula e Dilma coletando propinas de empresários e do mercado financeiro.

 

Anúncios

Deixe uma resposta