Câmara do DF derruba decreto que pune a “LGBTfobia” e deixa psolistas irritados

A Câmara Legislativa do Distrito Federal derrubou nesta segunda-feira, com um placar de 9 votos a 6, a regulamentação da lei que pune estabelecimentos comerciais e órgãos públicos por LGBTfobia. A revogação ocorreu no primeiro dia útil após a aprovação da lei, na sexta-feira passada (23). A lei teve autoria da ex-deputada do Psol, Maria José Maninha, e foi derrubada pela bancada evangélica. O partido de extrema-esquerda  Psol, que defende ditadores que assassinavam gays a sangue frio, emitiu nota lamentando.

 

Anúncios

Deixe uma resposta