VENEZUELA: Pai de jovem morto pela ditadura de Maduro implora pelo fim da violência

O pai do jovem que foi morto pela guarda nacional bolivariana, David José Vallenilla, de 22 anos, implorou para que Nicolás Maduro, o ditador da Venezuela, acabe com a violência no país.

David foi morto na quinta-feira passada, durante um protesto opositor em Caracas. Imagens que foram divulgadas na TV mostraram o jovem cambaleando após ser atingido por tiros. Outros manifestantes tentaram socorre-lo e acabaram baleados.

 O pai de David implorou para o ditador em depoimento: “Nicolas, é claro que foi uma agressao direta contra meu filho, quem você conhece desde pequeno. Nicolas por favor, eu nao dizer que a justiça seja feita porque essa palavra já foi muito usada, mas eu quero que essa violência acabe. Nicolas por favor, meu filho nao era malandro, era apenas um estudante. Está em suas mãos ajuda para que cenas como está nao aconteçam mais.”

Ouça o depoimento AQUI.

Desde o dia primeiro de abril 75 pessoas morreram nos protestos espalhados pelo País.

Anúncios

Deixe uma resposta