Aluno que humilhou professora vai responder criminalmente pelos seus atos

O caso do “aluno que sentou no colo do namorado dentro da sala de aula” teve repercussão nas redes sociais por conta de um vídeo gravado pelo próprio estudante. O jovem, que é homossexual, aparecia chamando a diretora do colégio de homofóbica após ela pedir para que ele não ficasse no colo do namorado dentro da sala de aula.

O caso ocorreu na Escola Aida Cortez Ramalho Pereira, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. O aluno em questão se chama Ricardo Silva, tem 18 anos, e está no terceiro ano do ensino médio.

Diferente do que pensa Ricardo, a sala de aula não é local para se comportar como bem entender, como por exemplo sentar no colo do namorado. Diante do comportamento inadequado para o ambiente, a diretora chamou sua atenção e foi ofendida pelo mesmo, que a acusou de estar sendo homofóbica.

No vídeo, Ricardo diz: “Eu estou aqui sentado no colo do meu namorado e a diretora quer me tirar do colo do meu namorado”.

Após o caso, a diretora, que também é professora na mesma escola, procurou um promotor especialista em educação. “Queria que ele entendesse a gravidade da situação. Algo tem que ser feito”, disse ela para o site G1.

O caso acabou parando na delegacia e o rapaz irá responder criminalmente por ter acusado sua professora, e diretora da escola, de forma caluniosa e indevida.

Veja a explicação do delegado do caso no vídeo abaixo:

Anúncios

126 comentários sobre “Aluno que humilhou professora vai responder criminalmente pelos seus atos

  1. Só quem é professor e foi professor pode avaliar esse tipo de imposição de alunos imbecis e inoportunos como este ou esta. Aliás nem todos alunos se comportam assim, felizmente.

  2. Esta nova geração de jovens perderam totalmente seus valôres morais. Não respeitam ninguém, não respeitam nada e vivem se “achando” donos do pedaço tendo como cúmplice o estado Brasileiro que apadrinha toda essa palhaçada de inversão dos valores sociais através de leis de proteção de menores. O resultado está aí. Um ser sem noção de limites. Na minha opinião este rapaz tem todo direito do mundo de ser gay, ser o que ele quiser pois isto não vai afetar a vida financeira de ninguém. Mas ele precisa entender que vivemos em sociedade e as pessoas merecem respeito também e ninguém é obrigado a conviver com estes atos de exposição de intimidades em ambientes públicos. Que seja gay, homem, mulher, viado, puta… etc… etc. Mas que respeitem as pessoas. Sou gay e acho estas atitudes ridículas. Depois querem respeito.

  3. Se o Governo Brasileiro , abrir as portas para esse povo, espero que mandem todos para os Morros. Vão aprender rapidinho que nunca deveriam ter saído do fim do mundo para vir perturbar a vida dos brasileiros no Brasil!.

  4. Complicado né ?
    Não sei dizer quem esta com a razão pq se um não pode todos não podem, será que nessa escola nenhuma menina senta no colo do namorado?
    Tem certas coisas que tem que ser vista, não importa se é homossexual ou hétero , não pode não pode… Nessa situação ele esta errado pela falta de respeito, e talvez a escola por repreender só esse tipo de caso.

    1. Se vc não sabe quem está com a razão, vc não deveria comentar. Na escola aluna não pode sentar no colo do namorado, como bem disse a diretora, nem aluna e nem aluno.

  5. Parabéns diretora. Temos que valorizar essa classe de educadores.
    Todo bom profissional precisa de um professor e aí aparece esse tipo de gente para desrespeitar achando que fosse ter o apoio da sociedade. Rídiculo! Tem que pagar sim ele e o namorado para aprender a ter educação. O problema é dele de ser o que quiser, mas ele tem o dever de respeitar as pessoas e o local onde se encontra.

  6. Carine, Rita, Maria Rita e Rosa, concordo plenamente com vocês, e digo mais, nenhum educador deve baixar a cabeça pra quem quer que seja, independente de sexo. A questão é que se você fala sobre qualquer atitude dos homossexuais, você já é taxado de homofobia, lembrando aqui que Deus fez Homem e Mulher, homossexualismo é opção sexual, se optou agüente as consequências. Deus fez tudo perfeito, não fez nada imperfeito ou incompleto, o pecado do ser humano é que corrompe tudo.

  7. Ser homossexual é uma opção que deve ser respeitada por todos, agora ser um lixo desse, que desrespeita o local, o professor, os amigos, e querer se esconder atrás do homossexualismo para acusar quem é de opinião contrária de homofóbico…eu queria estar nessa sala de aula que não ia ter vídeo pq ia arrebentar o celular dona cara dele, quem viu o vídeo deve ter ficado com raiva tb da condutor desse nojento

  8. Em meu ponto de vista o jovem em questão, não tem boa formação de caráter, se ele se comportasse adequadamente dentro de um estabelecimento de ensino, acredito que jamais chegaria a este ponto. Ele na verdade é mau educado, que é uma pena, pois a educação é herança de família, a escola é a busca do conhecimento, para almejar um futuro melhor, creio eu que dessa forma ele terá dificuldades em sua vida futura… conselho…jovem mude suas atitudes, respeite seus colegas e professores que vc se sentirá bem melhor.

    1. Isso mesmo,Uilson,porque se sala de aula fosse lugar para pessoas se sentarem no colo dos namorados (independentemente da opçao sexual),acho que até os modelos de carteiras/cadeiras escolares seriam mais espaçosos. Além disto, para quê existem as salas de aula? Para se namorar ou aprender e ensinar conhecimentos???

Deixe uma resposta