“Vaccari arrecadava propina a mando de Lula”, diz Duque

Renato Duque, o ex-diretor da Petrobras, foi interrogado de novo pelo juiz federal Sérgio Moro nesta quarta-feira (21). A sessão foi requisitada por sua defesa, sob alegação de desejar fazer uma delação premiada.

Duque afirmou que João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, começou a operar propinas para o partido criminoso antes mesmo de ter assumido o cargo, em 2010. Também declarou que Vaccari comandava o esquema a mando de Lula, presidente na época.

“Vaccari começou a fazer arrecadação de fundos e dinheiro da Petrobras antes de ser tesoureiro do partido dos trabalhadores. Em 2007, fui chamado a Brasília pelo então ministro Paulo Bernardo. E foi ele que me comunicou que por orientação do presidente Lula o Vaccari seria o encarregado do partido para arrecadação na Petrobras”, declarou Duque.

Anúncios

Deixe uma resposta