Ferraço rejeita mais de 200 emendas petistas e pretende manter o texto da Reforma Trabalhista intacto

De acordo com o site oficial do Senado, Ricardo Ferraço (PSDB) leu o relatório na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e manteve o texto da Reforma Trabalhista intacto, ignorando mais de 200 emendas apresentadas em sua maioria por petistas, tais como Paulo Paim e Gleisi Hoffmann.

O objetivo dos petistas na comissão era atrasar o processo ou forçar a modificação do texto original, o que foi aprovado pela Câmara. Contudo, Ferraço se manteve firme em sua decisão de manter o texto original, que se aprovado e em vigor poderá gerar mais de 2 milhões de empregos.

Agora o texto vai passar pela Comissão de Constituição e Justiça, a CCJ, e lá Tasso Jereissatti (PSDB) tentará manter o trabalho de Ferraço, ou seja, ignorar as emendas petistas e deixar o texto original. A pretensão é aprová-lo o mais rápido possível para que a geração de empregos volte a crescer no país.

Anúncios

Deixe uma resposta