Lula lança uma zoeira na reta final: “espero que Moro anuncie minha inocência “

Em entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro, nesta manhã, o ex-presidente Lula disse acreditar que não será condenado à prisão pelo juiz Sergio Moro no processo em que é acusado de ter recebido propina por conta de três contratos entre a empreiteira OAS e a Petrobras, e que o tríplex no Guarujá seria parte desse benefício.

“Espero que o juiz Moro leia os autos do processo para que possa, definitivamente, anunciar ao Brasil a minha inocência”, afirmou, sem nem ao menos soltar um risinho. “Se pegar a peça de acusação [do MPF], você vai perceber que é uma piada, não é uma acusação”, acrescentou.

Para Lula, os “procuradores da Lava Jato deveriam ser exonerados por terem fabricado uma mentira”, e aí voltou ao quadro normal de acusar seus investigadores, como sempre.

Anúncios

Deixe uma resposta