Marcha para Jesus “bloqueia vias”, mas a Parada Gay “reúne pessoas”. Assim pensa o G1…

A Rede Globo sabidamente trabalha, e não é de hoje, em uma campanha dedicada a favor da agenda neo-socialista. Qualquer pessoa que conheça sua grade de programação diária sabe que a cobertura jornalística é a mais esquerdista possível, ainda que haja uma tentativa de disfarçar; que as novelas sempre têm pautas progressistas inclusas; que os programas de TV costumam chamar entrevistados que possam servir de muleta para assuntos de interesse da extrema-esquerda; dentre outras coisas.

Contudo, às vezes isso fica tão escancarado que chega a ser ridículo. Foi o caso ocorrido agora, quando o G1 fez duas manchetes distintas em menos de uma semana. A primeira, sobre a Marcha Para Jesus, alegando que o evento bloqueou vias. A segunda, três dias depois, sobre a Parada Gay, mas desta vez nada de “bloqueia vias”, apenas a informação de que o evento “reuniu pessoas” em SP.

A parte mais cômica aqui é que a Parada Gay de fato bloqueou muitas vias, mais até do que a Marcha, uma vez que reuniu mais pessoas e teve diversos trios elétricos e eventos musicais. Naturalmente, isso não importa para a imprensa cuja única dedicação além de desinformar é jogar uns contra os outros.

Anúncios

2 comentários sobre “Marcha para Jesus “bloqueia vias”, mas a Parada Gay “reúne pessoas”. Assim pensa o G1…

Deixe uma resposta