Candidata de direita é agredida por homem de forma covarde. Onde estão as feministas?

Por Francine Galbier

A candidata do partido Os Republicanos, Nathalie Kosciusko-Morizet, que também é ex-ministra do governo Sarkozy, foi agredida por um homem, nesta quinta-feira (15) enquanto fazia campanha em um mercado em Paris.

Ela distribuía panfletos quando o agressor,  cerca de 50 anos, se aproximou, recebeu o material das mãos de Nathalie, e de forma covarde lançou um golpe violento contra seu rosto a chamando de “burguesa de merda”. 

Com o golpe, a republicana bateu a cabeça e desmaiou. Os bombeiros foram chamados e Nathalie foi levada para um hospital da região. Foi aberta uma investigação por “violência voluntária” e as autoridades estão realizando buscas para encontrar o agressor.

O movimento feminista não saiu em defesa de Nathalie pois ela não é uma militante de extrema-esquerda, e para as feministas, apenas essas merecem defesa. Mais um exemplo da hipocrisia feminista diante da violência contra mulheres.

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Candidata de direita é agredida por homem de forma covarde. Onde estão as feministas?

  1. Essa é a esquerda que inspira nossos esquerdistas (1% da população, 99% das pesquisas e opiniões da mídia dominada) que se enfurecem com o crescimento do bom senso e do conservadorismo de nosso povo bom, como na França. Odeiam defensores da família, da liberdade e dos princípios cristãos.

Deixe uma resposta