“Juiz não tem tempo a perder”, diz Moro para advogados truculentos de Lula

Por Francine Galbier

O advogado de defesa de Lula e o juiz federal Sérgio Moro discutiram mais uma vez nesta quarta-feira (14) durante o depoimento de Luiz Fernando Corrêa, ex-diretor da Polícia Federal, no processo sobre a compra de um terreno pela Odebrecht para construir a nova sede do Instituto Lula.

Moro questionou Zanin, advogado de Lula, sobre a necessidade de refazer as perguntas a Luiz Fernando Corrêa, que já tinha prestado depoimento sobre o ponto discutido. O juiz perguntou ao advogado se haviam novas perguntas ou se estavam ali perdendo tempo.

Zanin rebateu: “Vossa excelência acha sempre que tudo o que a defesa fala é uma perda de tempo.”

Moro finalizou: “O juiz não tem tempo para ficar perdendo”, e se desculpou com a testemunha pelo ocorrido.

Anúncios

Um comentário sobre ““Juiz não tem tempo a perder”, diz Moro para advogados truculentos de Lula

Deixe uma resposta