Justiça dá a Joesley 10 dias para explicar repasses milionários a Lula e Dilma

Curtindo sua dolce vita de colaborador fora do Brasil, Joesley Batista não precisará se açodar para vir prestar contas à Justiça.

Ele e seu irmão, Wesley, que estaria no Brasil, terão que depor no inquérito aberto para investigar a acusação feita pelo empresário de que a Lula e Dilma Rousseff receberam 80 milhões de dólares numa conta no exterior.

O Judiciário determinou, que a Polícia Federal deve oficializar a convocação a Joesley com dez dias de antecedência, para dar tempo de ele se organizar a aterrissar em solo nacional. A data da oitiva, porém, ainda não foi definida.

A informação é da Veja.

Anúncios

Deixe uma resposta