VACILO: Prefeitura de SP se une a instituto esquerdista para promover entrega de armas de fogo

Informação do site oficial da Prefeitura de São Paulo:

Como parte da campanha global para redução da violência armada, a Prefeitura de São Paulo, em parceria com Instituto Sou da Paz, promove na próxima quinta e sexta-feira, 8 e 9 de junho, uma campanha de entrega voluntária de armas. Cerca de 40 mil pessoas morrem vítimas de armas de fogo no Brasil por ano, e muitas destas mortes poderiam ser evitadas se não fosse a presença de uma arma.

Com o mote Silence the guns, que dialoga com a realidade brasileira, a IANSA – International Action Network on Small Arms (Rede Internacional de Ação sobre Armas de Pequeno Porte, em tradução livre), realiza entre 5 e 12 de junho a Week of Action (Semana de Ação), em que anualmente organizações de todo o mundo promovem atividades pró redução da violência armada.

A cidade de São Paulo tem centenas de postos de recebimento fixos cadastrados, onde os cidadãos podem entregar voluntariamente suas armas durante todo o ano, mas nesta semana quatro postos da Guarda Civil Metropolitana (GCM) estarão especialmente preparados para receber a população: dois na Zona Sul (Vila Mariana e Santo Amaro), um na Zona Norte (Santana) e um na Zona Leste (Aricanduva/Formosa).

Nota do Jornalivre:

Esta parceria é um tremendo equívoco, não apenas por questões estratégicas como também por uma questão moral. O simples fato de João Doria se associar ao Instituto Sou da Paz já é por si só questionável. Mais questionável ainda é levantar a bandeira do desarmamento justo na semana em que novas pesquisas mostraram que o Brasil possui 10% do total de homicídios do mundo, mesmo sendo ao mesmo tempo um dos países com menos armas per capita.

Com essa atitude, Doria afasta de si possíveis aliados, pessoas que o apoiariam cegamente se ele encampasse uma bandeira firme contra esse discurso, ao passo que atrai para si um grupo de pessoas não confiáveis com quem jamais poderá contar.

Anúncios

13 comentários sobre “VACILO: Prefeitura de SP se une a instituto esquerdista para promover entrega de armas de fogo

  1. De todas as críticas que fazem ao Doria, o que mais me incomoda é essa postura desarmamentista dele. Se continuar fazendo vacilos assim, vai perder muito apoio para as próximas eleições.

  2. 2 pontos de reflexão nessa matéria:

    1 – Tem um lado bom dessa história que talvez assim comece a cair por terra aquela babaquice de #doria2018. Esse cara não passa de um utilitarista.

    2 – A entrega voluntárias de armas seria de quem afinal? Policia ou bandidagem??

  3. QUE MARAVILHA ISTO, OS MARGINAIS (ASSALTANTES, TRAFICANTES) ETC, TAMBÉM CONCORDAM EM ENTREGAR AS ARMAS? PARECE CONTO DE FADAS, PRO INFERNO COM ESTAS IDEIAS, QUERO O DIREITO DE TER A MINHA NA CINTURA. bolsanaro 2018

  4. Não se trata de “vacilo” de João Doria Junior, mas sim do cumprimento de uma agenda da esquerda fabiana, da qual o prefeito de São Paulo é, evidentemente, tributário. Falso partido de Direita, o PSDB, e o falso candidato de Direita, Doria, estão seguindo a estratégia das tesouras, na esteira do que sempre ocorreu no Brasil e em outros países socialistas.

  5. O Doria estava indo bem até agora.
    Para cooptar esquerdistas adota a bandeira daqueles que querem o cidadão desarmado e refém de bandidos, como sempre foi.
    Sai dessa que já começou a se queimar.

  6. ninguém fala pra fazer um curso para se aprimorar e saber manusear uma arma. As autoridades estão preocupadas ou não em só deixar a gente a mercê desses bandidos. Não tem que desarmar ninguém não. tem que mete bala nesses bandidos que querem roubar suas coisas compradas ao longo dos anos e te.matar. Ipocritas

  7. eles desarmam os cidadaos de bem e deixam eles a deriva nas Maos de bandidos , pois. eles não entregam suas armas por ser sua ferramenta de trabalho, ae eles fazem o que querem por ter certeza de que não lhe acontecera absolutamente nada. Tem e que dar porte a todos cidadão ficha limpa ae vai ser de igual pra igual vamos ver se vai ter essa roubalheira e com a certeza da impunidade.

  8. Este texto é uma raridade no mundo da imbecilidade, superou a todos energúmenos que já li.
    Onde já se viu criticar a retirada de armas ilegais das ruas em nome da justiça? Só em mentes tolas.

    1. quem vai entregar armas?só se for policiais,bandidos é que não vão entregar,e quem tem armas são só eles,pois pessoas de bem não possuem armas!

  9. Perdeu e voto e o voto da maioria de meus familiares. Quem defende o desarmamento, está defendendo os criminosos e prejudicando o cidadão honesto. Falar dm desarmamento e andar com seguranças armados é fácil né ?demagogia pura

  10. Nesta o Doria caiu no jogo dos Esquerdopatas e Comunistas, desarmar as pessoas do bem e deixar os bandidos armados.
    Que os paulistas preparam para aumentar as grades das janelas e portas, porque esta proposta são para favorecer os bandidos aumentarem seus trabalhos de assaltos e roubos.

Deixe uma resposta