Deputados discutem futuro de porto de Eike pago com propina

Os deputados Bruno Dauaire (PR) Marcelo Freixo (Psol), Zeidan (PT) e Waldeck Carneiro (PT) estão reunidos na Assembleia Legislativa do Rio para discutir os impactos do Complexo Industrial e Portuário do Açu.

O porto, um empreendimento que foi conduzido por Eike Batista, causou danos ambientais intensos e deslocamento populacional. Segundo Dauaire, só 10% da área desapropriada é utilizada. O restante, está abandonado.

Calcula-se que o prejuízo causado por desapropriações irregulares alcance os 2 bilhões de reais. Segundo o Ministério Público, Sérgio Cabral desapropriou o terreno em troca de propina do empresário.

A informação é da Veja.

Anúncios

Deixe uma resposta