A partir de doação, gestão Marchezan consegue agir contra enchentes em bairro de Porto Alegre

Foi instalada, na tarde desta terça-feira, 6, a peça de uma das bombas da Casa de Bombas (CB6), responsável por parte do sistema de drenagem pluvial que abrange o bairro Anchieta até o Aeroporto Salgado Filho. A instalação foi acompanhada pelo secretário de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, pelo presidente da Associação Comunitária dos Moradores do bairro Anchieta, Lotar Markus, e membros da entidade, que doou o valor referente ao serviço de conserto do equipamento.

Conforme a Secretaria de Serviços Urbanos (Surb), tendo em vista a situação emergencial, o termo de doação assinado nesta tarde foi a solução encontrada para dar mais celeridade ao conserto da peça, visto que pelos trâmites burocráticos haveria a necessidade de orçamento e cotação de preços em três empresas, pedido de liberação de verba e aprovação, o que acarretaria na demora do conserto.

“A ação não soluciona todos os problemas de drenagem do Anchieta, mas ameniza a situação. Com o conserto, entra em operação mais uma bomba na CB6. Foi fundamental a compreensão e a parceria da associação de moradores do bairro Anchieta, que, além dos impostos que já pagam, fizeram esse esforço para que tivéssemos celeridade na instalação do equipamento. É uma pequena grande parceria público privada”, salientou o secretário Ramiro. “Somos parceiros para ajudar no que for necessário”, disse a secretária da Associação, Edna Yara Salgado.

A peça consertada é um inversor de frequência – placa de controle e comunicação -, equipamento que dá partida no motor da bomba. Com a peça recolocada, a previsão é de que a capacidade de vazão da CB aumente em mais 1.500 a 2.000 litros por segundo, praticamente duplicando a capacidade atual. A CB6 possui quatro bombas e a vazão máxima projetada era de 10.500 litros por segundo. Das quatro bombas existentes, apenas uma estava em pleno funcionamento até hoje, com vazão estimada em 2.500 litros/s. Ou seja, 24% da vazão máxima projetada.

A Surb segue monitorando os locais atingidos por alagamentos e trabalha junto ao Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) em busca de projetos para reforma desta e de outras Casas de Bombas.

As informações são do site de Ramiro Rosário, Secretário de Serviços Urbanos.

Anúncios

Deixe uma resposta