Em meio a crise e desemprego, Soninha reclama que salário de R$15mil como vereadora “acaba” em 5 dias

soninha salário

A vereadora Soninha Francine (PPS) usou seu perfil pessoal na rede social Facebook para publicar uma queixa, no mínimo, sem noção. Eleita vereadora em outubro do ano passado, Soninha recebe um salário bruto de R$15mil mensais, valor obviamente exorbitante perto da realidade brasileira.

Ainda assim, a parlamentar paulistana não se constrangeu de expor sua gastança desenfreada, afirmando: “Salário cai no dia 31 e acaba antes do dia. Como faz?”

Nos comentários, diversos internautas lembraram a vereadora que muitos brasileiros sequer possuem salários, tendo em vista a atual alta taxa de desemprego; a publicação, no entanto, continua na página da vereadora há 4 dias — mais um, ela estoura o cartão de crédito.

Anúncios

3 comentários sobre “Em meio a crise e desemprego, Soninha reclama que salário de R$15mil como vereadora “acaba” em 5 dias

  1. Pode trabalhar como doméstica, lavadeira, passadeira ou outra função para melhorar o salário de faz nada da vida, ops!! Vereadora… Reclama do quê, criatura…

  2. Interessante que existe uma proposta na câmara onde prevê que os Policiais Municipais que ganham menos de 2600 reais BRUTO tenha um abono complementar para pelo menos alcançar este valor e a única vereadora que votou contrário a esta proposta foi a nobre vereadora Soninha. Pelo que faz e pelo que passa nas ruas, pelas horas de trabalho sob sol ou chuva, poluição, etc por 12h consecutivas trabalhando diretamente em prol da população, ela acha que o GCM não merece ganhar 2600 para a manutenção familiar desses trabalhadores… Vereadora que está preocupada apenas com o próprio umbigo, não sei como ainda é eleita…

Deixe uma resposta