Moro breca Zanin e o impede de humilhar testemunha

A audiência de depoimento do ex-deputado Pedro Corrêa (PP/PE) – arrolado pela força-tarefa da Lava Jato como testemunha de acusação de Lula – foi palco de novo embate da defesa do ex-presidente com o juiz federal Sérgio Moro.

Na parte final do relato de Corrêa, na manhã desta segunda-feira, 5, na ação penal em que Lula é réu por supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em contratos firmados pela Petrobrás com a empreiteira Odebrecht, o advogado do petista encadeou uma série de indagações.

‘A defesa está confundindo testemunhas’, disse Moro.

A informação é do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta