Marco Aurélio quer urgência da PGR no caso de Aécio

Por Francine Galbier

Marco Aurélio de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal – STF – pediu que a Procuradoria-Geral da República – PGR – se manifeste com urgência sobre os pedidos relativos a defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB), assim como dos três presos até agora na investigação que corre contra ele: sua irmã Andrea Neves, seu primo Frederico Pacheco e o assessor parlamentar Mendherson Lima.

Os presos querem que seja revogada a prisão preventiva que foi determinada pelo ministro Edson Fachin, relator do inquérito na época. Já a defesa de Aécio pede que se revogue o afastamento do senador.

O ministro Marco Aurélio poderá liberar os recursos de defesas para julgamento na primeira turma após a manifestação da Procuradoria Geral da República.

Anúncios

Deixe uma resposta