Vereador do Novo dá nos dedos da pelegada: deixaram escapar chantagem política ao pedir privilégios

Em Porto Alegre a discussão sobre a proposta da prefeitura para tirar a cidade do vermelho está dando muito pano para a manga, isso tudo porque a proposta consiste no óbvio: dar aumento salarial somente se as contas estiverem em dia. É uma proposta de austeridade para evitar crises iguais a esta que a cidade enfrenta no momento.

A capital gaúcha vem há anos passando por dificuldades, tem faltado dinheiro para tudo. Mesmo assim, os sindicatos insistem em usar os servidores públicos como massa de manobra para seus interesses partidários e, para isso, usam a questão salarial. É uma irresponsabilidade tremenda, porque esta crise financeira não se trata apenas de dinheiro, mas da qualidade de vida do cidadão porto-alegrense.

Dito isso, é bom ressaltar o imenso tiro no pé dado pelos sindicalistas no dia de hoje. Em cartazes colados na Câmara de Vereadores, onde se discute a proposta, há a frase “Se o município perder a reposição, o vereador vai perder a eleição.”

Para eles, é uma questão política e partidária, o objetivo é jogar a população contra quem está tentando resolver o problema herdado das gestões esquerdistas anteriores. Mas o vereador Felipe Camozzato, do NOVO, sacou a jogada e os expôs em seu Twitter. Veja:

d10d95ee-b94f-4676-a301-4f0671479cf7.jpg

Abaixo, um vídeo que mostra o protesto dos sindicalistas tumultuando a sessão:

Anúncios

Deixe uma resposta