Se aprovada, PEC das Diretas passa a valer somente após um ano, portanto sem efeitos no presente

O deputado Paulo Eduardo Martins escreveu em seu Facebook que a PEC das Diretas aprovada na CCJ do Senado, se for aprovada no plenário passará a valer somente após um ano se sua promulgação.

A PEC não produzirá efeitos no presente, uma péssima notícia para a extrema-esquerda que esperava conseguir salvar o pescoço do ex-presidente Lula.

Anúncios

Deixe uma resposta