Mulher de Jonas Suassuna confessa: sítio em Atibaia foi comprado para uso de Lula

Na denúncia apresentada pelo MPF em Curitiba, há fartos elementos que corroboram a acusação de que Lula é o proprietário do sítio de Atibaia. Um deles é o depoimento de Claudia Bueri, mulher de Jonas Suassuna.

Ao MPF, ela disse que já sabia que “aquisição do sítio Santa Denise por Jonas Suassuna ” era para utilização de Lula.

“Relatou que, apesar de Jonas Suassuna ter supostamente manifestado interesse em frequentar a propriedade, reconheceu que somente estiveram no local por duas oportunidades, em festas juninas organizadas pela família Lula. Acrescentou, ainda, que em uma das ocasiões pernoitou em um hotel na cidade de Atibaia”.

Além da compra em nome de laranjas, o MPF também confirmou a atuação da Odebrecht, da OAS e de Bumlai na reforma do sítio de Atibaia.

“As investigações revelaram que o processo de reforma ocorreu em diferentes e independentes etapas, cada qual sob a responsabilidade e custeio de um diferente grupo empresarial, que auferiu vantagens ilícitas nas licitações da Petrobras, no esquema comandado e coordenado por Lula.”

A informação é do site O Antagonista.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Mulher de Jonas Suassuna confessa: sítio em Atibaia foi comprado para uso de Lula

  1. Táo fazendo o povo d bobo o paiz inteiro sabe q O apartamento e d bandido Lula ao q e d laranjas dá um. Coro nesse F d p e pó na cadeia e deixa uma corda

Deixe uma resposta