Lindbergh dá piti após derrota do PT na aprovação do relatório da reforma trabalhista

Lindbergh Farias não aceitou bem a derrota do PT na aprovação do relatório da reforma trabalhista, e se exaltou.

O recurso que pretendia adiar a leitura do relatório da reforma trabalhista foi negado por 13 votos a 11. Entretanto Lindbergh não aceitou a decisão democrática e deu piti. elevou o tom de voz, bateu boca e tentou vencer no grito.

Confira:

 

 

Anúncios

8 comentários sobre “Lindbergh dá piti após derrota do PT na aprovação do relatório da reforma trabalhista

  1. Aqui ninguém comenta nada . Acho que também não tem ninguém lendo esse lixo . Ainda bem que tem alguém dando piti, pois quando os brasileiros acordarem pra vida e ver que não tem décimo terceiro férias , seguro desemprego e FGTS será tarde … Lembro pessoa jurídica não é trabalhador , se é que alguém entendeu .

  2. ESSA TURMA COMUNISTA TEM SEDE DE PODER. TENTAM TRAVAR A PAUTA DAS REFORMAS QUE LIBERTARÃO O PAÍS DO CAOS QUE ELES PROVOCARAM E AINDA QUEREM “DIRETAS JÁ” ILEGAIS COMO MEIO DE TENTAR VOLTAR AO PODER. COMUNAS USAM A CONVERSA TELEFÔNICA COM INTENÇÃO DE PREJUDICAR O GOVERNO PELA LEVIANDADE DO TEMER, E SE PÕEM CONTRA A NAÇÃO… FORA COMUNISTAS HIPÓCRITAS! LULA E DILMA NA CADEIA!

Deixe uma resposta