Aliado de Cunha, Rogério Rosso pode ter recebido dinheiro desviado

As s investigações da Polícia Federal (PF) na Operação Panatenaico — que prendeu na manhã desta terça-feira (23) os ex-governadores José Roberto Arruda (PR) e Agnelo Queiroz (PT) — apontam que há indícios de que o deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF) recebeu dinheiro desviado das obras da reconstrução do estádio Mané Garrincha, em Brasília. As informações são do portal G1.

Aliado do ex-deputado cassado Eduardo Cunha, Rosso afirmou que ainda não foi informado de que é investigado pela Operação: “Não tenho nenhuma informação sobre isso. Muito pelo contrário. Minha vida pública é muito correta e sempre muito diligente em relação à legislação e à conduta ética. Deve ser algum equívoco”, afirmou o deputado do DF

Em razão de Rosso ter foro privilegiado como deputado federal, as apurações envolvendo o deputado do Distrito Federal na Operação Panatenaico foram encaminhadas à Procuradoria Geral da República (PGR).

Anúncios

Deixe uma resposta