Procurador da Lava Jato diz que Brasil está mais para The Walking Dead do the House of Cards

Desde que a delação de Wesley e Joesley Batista foi anunciada o procurador Carlos Fernandes dos Santos Lima, da Lava Jato, foi contra a ideia de que o Brasil faz jus a série House of Cards. Segundo ele a coisa é muito pior.

Não há como comparar a crise brasileira com a série House of Cards. O que vivemos hoje está mais para The Walking Dead, onde hordas de mortos-vivos, apodrecidos de alma e corpo, passam entre nós, contaminando tudo que poderia ser bom com o vírus da imoralidade e da corrupção” disse o procurador no Facebook.

Ele também disse que esse enredo precisa chegar ao fim: “Essa história de horror tem que acabar. Não é possível admitir mais que esse cadáver do sistema político-partidário continue a apodrecer tudo o que toca”.

 

Anúncios

Deixe uma resposta