Justiça dá no rim de Lula e rejeita sua absolvição sumária em processo da Zelotes

O juiz Wallisney de Souza, titular da 10ª Vara Federal de Brasília, rejeitou nesta segunda-feira pedidos da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele fosse sumariamente absolvido do processo em que é suspeito de envolvimento em supostas negociações irregulares que levaram à compra de 36 caças do modelo Gripen, da fabricante sueca Saab, pelo governo brasileiro. As informações são do Valor Econômica.

A decisão não vale apenas para Lula, como também para seu filho, Luis Claudio da Silva, que fez a mesma solicitação ao juiz, assim como outros dois réus, os consultores Mauro Marcondes e Cristina Mautone. O caso é um desdobramento da Operação Zelotes.

O juiz foi além de rejeitar a absolvição. Ele abriu prazo de cinco dias para que a defesa reduza o número de testemunhas para 32 pessoas. Lula e o filho, por exemplo, escalaram mais de 80 testemunhas. A expectativa é que elas comecem a ser ouvidas no dia 22 de junho.

A 10ª Vara de Brasília é a mesma que investiga o empresário Joesley Batista.

Anúncios

12 comentários sobre “Justiça dá no rim de Lula e rejeita sua absolvição sumária em processo da Zelotes

  1. Já está mais que na hora de dar um BASTA nesse verme e guarda-lo na PAPUDA…tá faltando o quê ? as provas não são suficientes ???

  2. Qualquer cidadão que tivesse um pingo de caráter e dignidade já teria se entregado a justiça!
    Mas não podemos esquecer…. estamos lidando com bandidos (Lula e sua corja)

  3. Este picicopata, verme ladrão asno lacaio, só assim posso me dirigi a esse destruidor de uma nação e quere transformar um pais BOLIVARIANO mais isso ele vai fazer na cadeia por muitos anos.

  4. Melhor explicação que ouvi,a cada pena que puxa,sai uma galinha. o roubo e a desonestidade de nossos lularapio e dilmalandra não tem mais fim.

Deixe uma resposta