Alessandro Molon pediu impeachment com base na notícia da Globo

O deputado federal Alessandro Molon – da Rede, linha auxiliar do PT – entrou com um pedido de impeachment de Michel Temer cerca de duas horas depois que saiu a notícia de que Temer havia sido pego em áudios nos quais teria cometido obstrução de justiça ao falar a frase “tem que manter isso” em relação às atitudes de Joesley Batista com Eduardo Cunha.

Observe o que está no pedido:

Para além do fato já suficientemente ridículo de tratar uma matéria de jornal como base jurídica, o que é no mínimo insuficiente, ainda mais se tratando de uma matéria que até aquele momento não continha sequer as evidências – como a gravação da conversa, há também outro fato patético: Molon usou a “Globo Golpista” como fonte, o que é apenas vergonhosamente contraditório e simplesmente destrói sua narrativa.

Anúncios

Deixe uma resposta