“Menos comprometedora para Temer, gravação da JBS avança sobre PT, PMDB e PSDB”, diz Eliane Cantanhêde

A jornalista Eliane Cantanhêde fez uma análise da crise política atual em sua coluna no Estadão, e alegou que a gravação da JBS avança contra o PT, PSDB e PMDB, que estão “mais sujos do que pau de galinheiro” mas é “menos comprometedora para Temer”

“As gravações divulgadas ontem à noite são demolidoras para Aécio Neves, mas parecem menos comprometedoras para Temer. Primeiro, Joesley diz que tem mantido relações com Eduardo Cunha e Temer diz que deve manter, sim. Só depois o empresário fala nas mesadas. É diferente da versão original de que Temer teria estimulado o pagamento das mesadas” disse a colunista.

Anúncios

2 comentários sobre ““Menos comprometedora para Temer, gravação da JBS avança sobre PT, PMDB e PSDB”, diz Eliane Cantanhêde

  1. O LULECO PENSOU QUE SENDO SÓCIO DO DONO DA JBS , FICARIA DE FORA DO ESQUEMA DE DELAÇÃO.

    OCORRE QUE, BANDIDOS NÃO TEM AMIGOS, TÊM CÚMPLICES E A DELAÇÃO ATINGIRÁ A TODOS. OS FATOS ESTÃO ACONTECENDO COMO JÁ PREVIA HÁ DOIS ANOS ATRÁS.

    NO FINAL TODOS SERÃO PRESOS, NÃO SOBRARÁ NENHUM BANDIDO PARA CONTAR A HISTÓRIA.

Deixe uma resposta