Joesley relata que pagou R$ 500 milhões de propina ao todo; maior parte foi para Lula e Dilma

Joesley Batista, sócio da JBS, afirmou que foram pagos cerca de R$ 500 milhões de reais em propina a políticos nos últimos cinco anos. Com informações da Veja.

“Tem pagamento via campanha oficial, via campanha política, via caixa dois, dinheiro em espécie”, avisa Joesley.

Já havia sido revelado anteriormente que a JBS depositou cerca de R$ 300 milhões em propina ao PT, em uma conta secreta gerida por Joesley Batista na Suíça, ou seja, desses 500 milhões citados por a maior parte foi para o PT.

Anúncios

Um comentário sobre “Joesley relata que pagou R$ 500 milhões de propina ao todo; maior parte foi para Lula e Dilma

  1. RAZÕES PARA A PETROBRAS NÃO COLOCAR A VENDA A REFINARIA DE PASADENA

    A Petrobras não está convicta que necessita vender seus melhores ativos, no Brasil e no exterior para sua estabilização financeira?

    Então, por que a Petrobras promove uma série de bazófias e indefinições quanto ao destino de Pasadena, ora afirmando que não vai colocar a venda a PRSI – Refinaria de Pasadena e, no momento seguinte afirmar o contrário.

    Não esta correta a postura atual da direção da Petrobras nas recentes e controvertidas afirmações acerca do novo plano de desinvestimento da estatal, principalmente quando referido a velha e corroída refinaria de Pasadena nos EUA por ter sido alvo da maior roubalheira da história na aquisição de um ativo em terras estrangeiras promovido pelo aparelhamento político do PT e base aliada.

    Portanto, o Pedro Parente deve informações corretas e precisas ao cidadão brasileiro e sobretudo ao investidor da Petrobras acerca do destino que será dado aquela Refinaria, por mais que seja perverso o resultado final da alienação ou continuidade de perda para a estatal, se mantido a posse daquele amontoado de sucata que os corruptos da Petrobras adquiriram nos EUA.

    Não negocia Pasadena, simplesmente por possuir entreves tecnicos-financeiros e diversos impeditivos lógicos para sua comercialização, que todos nós sabemos são fruto da maior roubalheira que o PT promoveu na Petrobras em terras estrangeira.

    Por ser uma Refinaria obsoleta e cara na sua aquisição fraudulenta, a refinaria de Pasadena foi e sempre será um pesadelo para a Petrobras, já que não conseguirá vende-la a ninguém face ao elevado valor que pagou, simplesmente por não aparecer comprador. A menos que queira fazer uma doação ou uma venda simbólica de 1 real.

    Se considerarmos as condições atuais de Pasadena, defrontaremos com um gigantesco passivo ambiental e se voltarmos ao passado recente, observar-se á um histórico tenebroso, resultado da negociata promovida pelo pessoal do PT, sob comando da Dilma Rousseff e colocado em pratica pelo Nestor Cervero, culminando com um prejuízo colossal de um bilhão de dólares para a Petrobras.

    Portanto, a verdadeira razão de não colocá-la a venda está no seu absurdo e bilionário valor aquisitivo onde tomou posse, não de um ativo, mais de um amontoado de ferro velho que não vale um centavo e que ainda agrega um passivo ambiental bilionário nos EUA que não costuma perdoar esse tipo de crime.

    Portanto, não me canso de falar: A BANDALHEIRA NA PETROBRAS AINDA NÃO ACABOU.

Deixe uma resposta